Para você entender o discurso dos homens

Para você entender o discurso dos homens, estudar Lógica é fundamental.

Ao fazê-lo, refinará sua capacidade de leitura e de audição, e entenderá melhor o debate político/ideológico no Brasil e no mundo.


Quando idealizei este Curso, pensei, originalmente, nos concursandos (razão pela qual têm vários exercícios retirados dos concursos públicos); no entanto, com o passar do tempo, enquanto desenvolvia o trabalho, notei que o seu alcance vai muito além daquela proposta inicial.


Irving M. Copi, em seu clássico Introdução à Lógica - citado em nossa bibliografia - já no prefácio de sua primeira edição escreve "Na primeira parte, dedicada à linguagem, apresenta-se uma análise moderna das diferentes funções da linguagem, análise essa que é usada para explicar o caráter enganoso de certas falácias não-formais."


Stan Baronett, por sua vez, afirma "As situações simples do dia a dia envolvem o uso de princípios e habilidades lógicas, sem as quais não saberíamos o que fazer, nem mesmo nas situações mais simples."


Olavo de Carvalho, em Aristóteles em nova perspectiva: Introdução à Teoria dos Quatro Discursos (p. 50), alerta "O pensamento lógico não seria possível sem ajuda desta faculdade tantas vezes desprezada, caluniada, abandonada às crianças e aos loucos: a imaginação.".

Olavo tem razão.

O quê ele quer dizer: a partir da análise da obra de Aristóteles - fundador do estudo rigoroso da linguagem em sua Analítica (hoje batizada de Lógica) - é que o filósofo grego nos chama a atenção, não só para a análise rigorosa da linguagem, mas, também, para mais três tipos de discursos humanos, que são a Poética, a Retórica e a Dialética.

O primeiro alimenta a nossa imaginação, o segundo influencia a nossa decisão, enquanto o terceiro nos convida a procurar a verdade.


Ou, em outras palavras, o discurso, entendido como a nossa fala, a nossa escrita, os símbolos que criamos, etc, pode ser classificado em número de quatro:


1 - a poética traz tudo que afeta nossa imaginação (cinema, teatro, poesia...);

2 - a retórica tem como objetivo influenciar, de forma incisiva, a decisão de outro homem levando-o à ação;

3 - a dialética visa, a partir de um diálogo honesto, a encontrar a verdade sem medo dos erros e acertos que surgirão no caminho (por exemplo, quando um professor não diz a resposta de um determinado problema ao seu aluno, mas procura conduzi-lo, por meio de perguntas, a partir das respostas do aluno, a novas descobertas, até que esse seu aluno descubra, finalmente, a solução do problema apresentado, isso é dialética);

4 - a analítica procura o discurso certo, exato, matematizado, sem mais delongas, seu objetivo é encontrar, ou refutar, a validade do discurso.


E eu acrescento:

1- a poética faz aflorar a criança que existe em nós;

2 - a retórica pode nos induzir fortemente para ações boas, ou ruins;

3 - a dialética, se mal conduzida, pode nos levar para dúvidas sem sentido;

4 - e a lógica, se vista isoladamente, nos faz esquecer da criança que habita em nós, nos incapacite para o diálogo e nos afasta dos bons discursos.


Mas temos uma ótima notícia: é impossível separá-los.


Pois bem, somos bombardeados, a todo instante, por uma quantidade gigantesca de informações, e não somos capazes de processar essa avalanche, o que nos torna prezas fáceis de manipulações.

Meu objetivo, com este Curso de Lógica, é apresentar-lhe o discurso número 4, o certo, o exato, aquele que vai lhe ajudar a entender as nuances, as sutilezas e armadilhas linguísticas em meio a esse bombardeio.

Para tal, apresento a Lógica de forma clara, acessível, e com tópicos e assuntos bem organizados.


Aristóteles, na abertura de sua Metafísica, é categórico:

"Todos os seres humanos naturalmente desejam o conhecimento. Isso é indicado pelo apreço que experimentamos pelos sentidos, pois independentemente do uso destes, nós os estimamos por si mesmos, e mais do que todos os outros, o sentido da visão. Não somente objetivando a ação, mas mesmo quando não se visa nenhuma ação, preferimos a visão - no geral - a todos os demais sentidos, isto porque, de todos os sentidos, é a visão o que melhor contribui para o nosso conhecimento das coisas e o que revela uma multiplicidade de distinções."


Enfim, no emaranhado de informações que lemos ou ouvimos nos dias atuais, é muito importante estarmos com os olhos bem abertos e os ouvidos atentos, termos boa memória, e não desprezarmos nossas experiências.


Clique aqui: Planos e Preços

e escolha a melhor opção para entender o discurso dos homens



Observação:

Ao fazer este Curso, alguns profissionais tirarão proveito imediato:

a) os redatores ganharão ainda mais valor no mercado de trabalho;

b) os advogados terão menos dificuldade em montar contra-argumentos frente às possíveis contradições dos oponentes;

c) os publicitários serão mais articulados em suas campanhas;

d) os jornalistas buscarão os fatos como premissas;

f) os programadores poderão lidar melhor com seus algoritmos;

g) os estudantes de Filosofia analisarão melhor textos e argumentos -não é à toa que o estudo da lógica surgiu na filosofia;

h) os concursosandos estarão anos-luz à frente da concorrência - é importante verificar seus respectivos editais.

E você terá poder sobre todos eles.